Como se prevenir de Invasão de Privacidade nas Redes Sociais?

Como se prevenir de Invasão de Privacidade nas Redes Sociais?

Tempo de leitura: 5 minutos

No mundo tecnológico em que vivemos, a Privacidade nas Redes Sociais é um luxo para poucos. 

Nossa intimidade é invadida o tempo todo, seja por nossa própria iniciativa, como na postagem de fotos de momentos particulares, seja pelos sites e motores de busca que guardam o histórico de nossas vidas.

A realidade, porém, é que nem todos gostam da superexposição oferecida pelas redes

Os motivos para isso são variados, desde o risco a segurança que essa exposição acarreta,

passando pela discordância sobre a forma como as gigantes de tecnologia usam nossos dados.

A quem pertence a responsabilidade pela privacidade nas redes sociais

É comum que usuários culpem as proprietárias das redes sociais pela invasão de privacidade que sofrem. 

Mas, será que é assim mesmo? Estamos todos de mãos atadas em relação a como nossa vida e intimidades são expostas na internet?

A resposta é: não. 

Felizmente existe uma série de hábitos e métodos que podem ser adotados para proteger seus dados e sua privacidade nas redes sociais. 

Vem com a gente que vamos te mostrar quais são eles!

Protegendo a privacidade nas redes sociais

Proteja seus dispositivos com senhas

Proteja seus dispositivos com senhas
Proteja seus dispositivos com senhas

Embora os dispositivos como smartphones e notebooks sejam abundantes de dados pessoais que permitem qualquer pessoa definir o perfil e a personalidade do proprietário, muitos donos de gadget ainda não protegem seus dispositivos com senhas.

Vale reforçar que na maioria das vezes as redes sociais estão logadas nesses dispositivos.

Assim, quando eles não são protegidos por senhas, qualquer um que tenha acesso ao mesmo, tem acesso às redes sociais utilizadas nesses gadgets.

Saiba quando seu nome aparece nas pesquisas do Google

Quem nunca fez um ego search no Google, procurando pelo próprio nome para saber em quais sites ele aparece na internet? 

E se ao invés de realizar essa pesquisa de tempos em tempos, você recebesse um aviso sempre que uma nova entrada com seu nome fosse indexada ao Google?

Você pode fazer isso através do Google Alerts. Basta adicionar o seu nome – com variações, nome que utiliza nas redes sociais, etc, sempre com aspas – na ferramenta para ser avisado quando novos resultados com o termo ocorrerem.

Faça logout das contas ao sair

Faça logout das contas ao sair

É comum que ao sair das redes sociais em dispositivos domésticos os usuários mantenham suas contas conectadas. 

Se você tem esse hábito é hora de mudar. Para proteger sua privacidade nas redes sociais sempre faça o logout das contas que estiverem conectadas.

Com essa medida, você será menos rastreado na internet, bem como impede que outras pessoas, ao utilizarem seu computador, tenham acesso às suas informações pessoais. 

Lembre-se que o logout das contas é fundamental em computadores públicos.

Crie senhas fortes para manter sua privacidade nas redes sociais

Em 2020, a senha mais utilizada no mundo na internet foi, novamente, 123456. 

O top 10 das senhas mais comuns, aliás, se destacam pela obviedade, estando entre eles opções como: password;12345; 123456789; 1111111; entre outras similares.

Uma senha fraca em sua rede social é um convite para que sua conta seja invadida por pessoas mal intencionadas. 

Utilize senhas fortes, com letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. 

E atenção: não repita a mesma senha para todas as redes.

Tem medo de esquecer a senha e não conseguir mais acessar suas contas? Utilize aplicativos gerenciadores de senhas.

Habilite a autenticação em dois fatores

Habilite a autenticação em dois fatores

Os sites de redes sociais permitem que os usuários habilitem a autenticação de dois fatores.

Ou seja, para realizar um novo login na ferramenta, além de colocar sua senha é preciso informar um código enviado a um número de telefone ou e-mail.

A autenticação de dois fatores oferece uma camada extra de proteção, dificultando a ação de invasores. 

É válido ativar o recurso também em contas de e-mail e qualquer outra aplicação que necessite de login e ofereça a opção.

Altere suas configurações de privacidade

Todas as redes sociais contam com configurações de privacidade que podem ser personalizadas a gosto do usuário. 

Explore as opções existentes para definir o nível de privacidade ideal para você.

Você pode, por exemplo, definir que os conteúdos que posta em sua página sejam visualizados apenas por aqueles que aceita como amigo. 

Em algumas delas é possível, inclusive, fazer listas definindo quais contatos terão acesso a determinados conteúdos.

Use proxies ou máscaras de IP

Use proxies ou máscaras de IP

Se você é daqueles que deseja não só proteger sua privacidade nas redes sociais, mas navegar por elas sem deixar rastros que possam ser utilizados por sites e aplicações de publicidade, uma dica é utilizar proxies ou máscaras de IP.

O proxy funciona como um intermediário do acesso à internet. 

Ao ativá-lo, antes de seu dispositivo se conectar a um site, ele se conecta ao proxies que faz a requisição de destino ao servidor. 

A resposta volta para o proxies que retorna a conexão ao seu dispositivo, dificultando o rastreio.

Proteja sua privacidade, proteja seus dados pessoais

Em um mundo onde a existem uma valorização da exposição, é fundamental agir para proteger a nossa privacidade. 

Os dados pessoais e informações presentes nas redes sociais são objetos de desejo para empresas e criminosos.

Essa proteção tão desejada à intimidade pode ser conquistada a partir da adoção de medidas simples e de novos hábitos no dia a dia. 

Lembre-se que seus dados são seu patrimônio, por isso, todo cuidado com eles é necessário.

Continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre a segurança da informação e proteção de dados. 

Quer ficar por dentro de todas as novidades e conteúdos incríveis da STW Brasil?

Curta nossas páginas nas redes sociais!

Até a próxima!

Facebook Comments
Facebook Comments