Como proteger o celular em caso de roubo ou perda?

Como proteger o celular em caso de roubo ou perda?

Tempo de leitura: 5 minutos

Como proteger o celular em caso de roubo ou perda? Os celulares viraram alvos preferenciais de criminosos. 

De posse dos aparelhos, os bandidos acessam aplicativos bancários, dados de cartão de crédito, entre outros dados sensíveis, realizando transferências, compras online, solicitam empréstimos, etc. 

Para falar sobre isso e ensinar as pessoas como proteger os dados do celular em caso de roubo ou perda, Marcelo Naggy participou do programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo, no dia 7 de julho de 2021.  

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira este artigo no blog sobre como proteger os dados do celular em caso de perda ou roubo.

Como proteger o celular em caso de roubo ou perda?

Hoje levamos a nossa vida em nossos bolsos. Além da nossa lista de contatos, os smartphones armazenam fotos, documentos dos mais variados, rotas utilizadas em aplicativos de GPS, aplicativos de e-mail, de acesso a bancos, entre outras informações das mais variadas.

A verdade é que ninguém conhece você melhor do que o seu celular. 

Mas se por um lado a tecnologia facilita a nossa vida – atualmente mais da metade das transações bancárias no país ocorrem via aplicativos em smartphones –, por outro é preciso redobrar os cuidados com a segurança dos aparelhos.

Caso seu celular caia em mãos erradas os prejuízos podem ser enormes. Além de transferências bancárias e compras online utilizando seu cartão de crédito, com seus dados os criminosos podem solicitar empréstimos, abrir contas em bancos digitais em seu nome, etc.

Continue lendo este artigo para aprender como proteger seus dados, e seu bolso, em caso de perda ou roubo do seu smartphone e evite ser mais uma vítima de golpistas.

Protegendo os dados do celular em caso de perda ou roubo

A pandemia de covid-19 acelerou o processo de digitalização da economia. O aumento da circulação do dinheiro online, logo atraiu a atenção também de criminosos, que enxergaram nos roubos de celulares e golpes digitais uma fonte valiosa e lucrativa de recursos.

Se anteriormente os bandidos roubavam os dispositivos visando à venda, tendo como alvo aparelhos mais caros, hoje a marca e modelo do smartphone pouco importa. O valor está nas informações armazenadas e aplicativos instalados.

Mesmo a perda do celular pode apresentar riscos, afinal, não sabemos quem irá encontrá-lo e quais suas intenções.

A boa notícia é que algumas medidas simples, que você pode tomar agora mesmo, vão te ajudar a diminuir seus riscos e aumentar a segurança do aparelho. Quer saber como você pode proteger os dados do seu celular?

Então, confira essa lista com 4 dicas para proteger os dados do seu celular em caso de perda ou roubo.

Como proteger o celular em caso de roubo ou perda em 4 passos

  1. Mantenha o bloqueio de tela ativado e fuja de sequências numéricas óbvias ou relacionados a informações pessoais (ex: data de aniversário);
  2. Tenha apps de autenticação que permitem adicionar uma camada a mais de segurança nos pontos mais sensíveis do smartphone;
  3. Em sistemas operacionais Android, é possível configurar múltiplos perfis. Você pode ter um perfil com aplicativos e informações mais sensíveis para usar em casa ou locais seguros e outro mais simples para utilizar na rua;
  4. Limite o valor das suas transferências PIX. Dessa forma, você evita sofrer grandes prejuízos, lembrando que para a alteração de limites as instituições solicitam prazo de 24hs a 48hs, possibilitando que você comunique seu banco sobre roubo ou perda antes que seja elevado.

Lembre-se que embora os bandidos possam ter acesso a tecnologia que vençam as barreiras de segurança, esse é um processo demorado e trabalhoso, fazendo com que os alvos preferenciais sejam pessoas com aparelhos em uso e já desbloqueados.

Por isso, uma dica extra é evitar fazer o uso do aparelho celular na rua ou mesmo deixá-lo exposto no painel do carro – como é comum para aqueles que utilizam GPS no dia-a-dia.

Aparelho desbloqueado e sem camada extra de segurança facilita demais a ação dos criminosos. Em apenas uma hora é possível sofrer prejuízo de milhares de reais.

Meu celular foi roubado, e agora?

Se o seu celular foi roubado, a primeira providência a ser tomada é comunicar suas instituições bancárias para evitar sofrer prejuízos.

Embora existam algumas decisões judiciais favoráveis ao ressarcimento de valores e anulação de dívidas de empréstimos contratados por criminosos, nem sempre essa reparação é garantida, então se adiante e deixe o boletim de ocorrência para depois.

Feito isso, utilizando o aparelho de alguém confiável, ative o sistema de localização e bloqueie os dados do aparelho de forma remota. Essa ação é possível tanto no sistema Android como iOS.

Com suas contas, cartões e dados do sistema operacionais bloqueados, é o momento de solicitar o bloqueio de sua linha junto à operadora.  

Só após tomar essas três medidas, abra o boletim de ocorrência. Cada minuto faz diferença nesses momentos para evitar prejuízos maiores.

Quer entender melhor sobre como agir nesse momento? Então confere a participação do nosso sócio, especialista em segurança da informação e perito digital, Marcelo Naggy, no programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo, no dia 7 de julho de 2021, quando ele explicou com mais detalhes sobre como proteger o celular em caso de roubo ou perda, e quais medidas preventivas você pode tomar para proteger seus dados.

Você assiste a participação completa do Naggy aqui.

Continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre a segurança da informação e como viver o mundo digital com menos riscos.

Até a próxima!

Facebook Comments
Facebook Comments